Buscar
  • Janaína Oliveira

Entendendo os papéis no Agile


A agilidade está ganhando visibilidade no mercado e atualmente existem diversas vagas nesse meio, com nomes similares.

É comum ter essas dúvidas:

  • Quais as responsabilidades esperadas para o Product Owner?

  • Que habilidades preciso ter para ser Agile Coach?

  • Quais skills preciso desenvolver para Scrum Master?


Se você também em algum momento já teve alguma destas dúvidas, vamos entender o detalhamento de cada papel a seguir.


Scrum Master


O Scrum Master ou SM, como é popularmente conhecido, é um dos papéis existentes na composição do time Scrum, junto com Product Owner e Desenvolvedorxs (baseado no framework Scrum).


O papel de SM, tem como objetivo ajudar o time e a organização, a entenderem a teoria e a prática do uso do Scrum no seu dia a dia.

O Scrum Master costuma acompanhar apenas uma equipe. Em algumas empresas esse número pode variar.


Algumas das funções do SM, são:

  • Treinar o time para ser cada vez auto gerenciável e multifuncional

  • Apoiar o time para que ele foque sempre em entregas de alto valor

  • Garantir que os eventos do Scrum aconteçam e sejam sempre produtivos (respeitando o timebox)

  • Quando necessário, ensinar a(o) Product Owner sobre técnicas de priorização eficazes para manter o backlog do Produto atualizado

  • Apoiar o time para entender a importância dos itens estarem claros e concisos para entrar na sprint

  • Facilitar cerimônias, quando necessário

  • Apoiar na remoção de impedimentos, quando necessário

Habilidades importantes para este papel, são:

  • Gestão de conflito

  • Saber dar e receber feedbacks

  • Gostar de lidar com pessoas

  • Gostar de resolver problemas

  • Saber lidar com ambientes/entregas complexas

  • Saber transmitir o conhecimento que possui para as demais pessoas

  • Ter escuta ativa

  • Conseguir transitar bem em todos os níveis da organização

  • Facilitação

  • Ser um agente de mudanças


Agile Master


O papel de Agile Master, é um papel criado há menos tempo que o do Scrum Master e que possui diferenças pontuais do papel citado acima, como:

  • Possui conhecimento/Experiência de atuação com outros frameworks/ métodos, além do Scrum

  • Em algumas situações, o Agile Master ou AM (como é popularmente conhecido), pode ter que apoiar mais de um time, o que algumas vezes acontece com o Scrum Master, porém com menor frequência.

  • Já adota métricas de eficiência como throughput e lead time nas entregas do time

No restante, todas as atribuições feitas no papel de Scrum Master são aderentes ao papel do Agile Master. Porém, nunca focando em um framework/método específico e sim fazendo um hibrido de práticas ágeis.


Product Owner


O papel de Product Owner ou PO (como é popularmente conhecido), é também um dos papéis existentes no Framework Scrum. O Scrum Guide lista suas responsabilidades:

  • Maximizar o valor do produto resultante do trabalho do time Scrum

  • Gerenciamento eficaz do Product Backlog, garantindo que ele seja transparente, visível e compreensível

  • Desenvolver e comunicar explicitamente a meta do produto

  • Criar e comunicar claramente os itens do Product Backlog

  • Ordenar os itens do Product Backlog

  • Apoiar o time com dúvidas de Negócio/Produto

Importante:

O Product Owner pode delegar as responsabilidades acima para outros membros do time, porém independentemente disso, o Product Owner ainda é o responsável.


Para que os Product Owners tenham sucesso em sua atuação, é muito importante que:

  • A organização respeite suas decisões

  • O Product Owner seja uma pessoa e não um comitê

  • Represente/Ouça as necessidades de muitos stakeholders ao incluir os itens no Product Backlog

  • Qualquer pessoa que queira alterar o product Backlog do time, procure alinhar e convencer o Product Owner disto, afinal ele é o dono do Produto.


Product Manager


No mercado existe certa indefinição sobre a diferença do Product Owner e Product Manager.

Em algumas empresas o Product Manager é um cargo focado em:

  • Analisar o market share

  • Verificar novos entrantes no mercado

  • Interagir e buscar entender as necessidades dos clientes

  • E outras diversas atividades com o foco externo a empresa

E o papel do Product Owner, para muitas pessoas, é alguém que olha para dentro da empresa:

  • Prioriza o backlog

  • Escreve as user stories em que o time irá atuar

  • Apoia o time na explicação das user stories e no entendimento das dúvidas de negócio/produto

  • E outras mais atividades focadas de contexto interno

No entanto, segundo Marty Cagan (uma referência global no tópico Gestão de Produtos e também criador do livro Inspired, considerado para muitas pessoas como a bíblia da Gestão de Produtos), ele afirma que:

“Deveriam haver apenas Product Manager que também são Product Owners.” (Veja a talk completa em: bit.ly/POXPM-MartyCagan

Marty Cagan afirma que a função do Product Manager contempla o que foi abordado no tópico acima sobre as atribuições do PO, somado as atribuições seguintes:

  • Definir a visão do produto

  • Definir a estratégia do produto e revisitá-la sempre que necessário

  • Definir e acompanhar os indicadores relevantes para o produto

  • Definir o Roadmap do produto

  • Validar novas ideias no mercado

  • Pensar a todo o tempo em como a experiência do cliente pode ser melhorada

  • Estabelecer e cumprir metas estratégicas

  • Acompanhar como estão os concorrentes no mercado

Ou seja, um Product Manager olha para dentro e para fora da empresa. E para garantir ainda mais a eficácia das suas decisões e ações, algumas skills podem alavancar a carreira de um Product Manager, como:

  • Liderança por influência

  • Comunicação clara

  • Negociação

  • Empatia

  • Capacidade de decisão

  • Conhecimento do Negócio/Produto

  • Análise de métricas


Agile Coach, Agile Expert ou Agile Specialist

O Agile Coach é o papel integrador na organização que irá conduzir melhorias seja no nível de gestão ou das equipes alinhadas ao fluxo de valor: a partir das necessidades de negócio até a entrega ao cliente vinculado a resultados de negócio.


É um papel no estilo consultoria que analisa toda a cadeia de valor e utiliza de técnicas de coaching e treinamentos pra ensinar a organização em aderência de práticas ágeis. É um papel que acompanha múltiplas equipes em paralelo.


O Agile Coach apoiará o time no entendimento das práticas adotadas, conhecerá os problemas existentes no fluxo ou entre os indivíduos e áreas, mapeará os problemas existentes e como eles afetam a organização e trabalhará para que a melhoria contínua aconteça.

Busca retirar estes impedimentos quando possível, trabalhando o mindset do time e da gestão, ou seja, exercerá uma liderança por influência e não por medo.


Também acompanha de perto e pode treinar papéis como Scrum Masters ou Agile Masters ou Team Leaders e Product Owners ou Product Managers.


Lyssa Adkins, relata no livro Treinamento de Equipes Ágeis:

“As pessoas que treino não são motivadas pelas abordagem Cenoura e Chicote; elas são motivadas por um senso de valor e propósito”.

Em um processo de transformação digital, as pessoas precisam entender o motivo pelo qual novas práticas estão sendo adotadas, e em que elas irão apoiar o seu cotidiano e a organização.

Os Agile Coaches também ajudam a conectar as pessoas ao propósito numa transformação digital.


Habilidades esperadas do Agile Coach:

  • Técnicas de coaching

  • Gestão de conflito

  • Liderança por influência

  • Conhecimento amplo sobre frameworks/métodos

  • Domínio de métricas

  • Transmitir conhecimento (treinamentos, didática)

  • Facilitação

  • Saber lidar com pessoas

  • Lidar com diversos níveis da organização

  • Gestão de mudança


Por isto, acho que um compilado das minhas experiências somadas aos pontos trazidos por Lyssa Adkins em seu livro, podem ajudar quem está na dúvida sobre quais características devem ser visíveis em um Agile Coach:

  • Ser apaixonado por agilidade: Alguém que por experiência própria consegue ver os ganhos do Agile comparado ao modelo de trabalho anterior (mais conhecido como RUP/Waterfall)

  • Matar mais de um leão por dia: Ser alguém que já atuou em cenários inóspitos, o considerado “mato alto” na Agilidade, lugares onde encontrou diversos obstáculos organizacionais e mesmo assim conseguiu tornar-se coach para os envolvidos na transformação digital, conforme o trabalho foi avançando.

  • Perseguir a Melhoria: Alguém que analisa o contexto (oportunidades de melhoria em todos os níveis) e busca mudança, se apoiando através de dados e fatos e claro de uma abordagem inclusiva.

  • Times Autogerenciáveis: Alguém que atua para que os times se tornem cada vez mais independentes, comprometidos e responsáveis.


Importante: Os termos Agile Coach, Agile Specialist e Agile Expert em geral remetem a mesma função, ou seja, um agente de melhoria que tenha a Experiência/Skill citada acima.


Hierarquia


Nenhum desses papéis possuem relação de hierarquia uns com os outros. Perante a Agilidade, eles se complementam e trabalham em sincronia para os mesmos objetivos da equipe e organização.


Todos são agilistas


O termo "agilista" é usado para representar que a pessoa vive e busca aplicar os valores ágeis no seu dia a dia. Geralmente é atrelado para quem está numa estrutura de empresa que abraça métodos ágeis.

E todos esses papéis citados aqui são considerados de Agilistas.



Para facilitar a compreensão, criamos esse ilustrativo com o foco, habilidades e conhecimentos de cada papel.


Comparativo papéis na Agilidade

E ai, ficou com dúvida de algum papel? Fez sentido para você? Conta aí para gente. ;)


BLOG

Categorias

Contato

© 2020 por Fernanda Lorenzetti. Santa Catarina, Brasil.